Pesquisar este blog

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Meu jeito de amar

Dormindo mais uma vez tive ilusões noturnas
resolvi então escrever verdades e mentiras
não sei a qual cabe lembrar
mas ambas foram vividas

lembrei de quando te vi pela primeira vez
foi difícil controlar o olhar
...você notava,
meus olhos chegavam a brilhar

desculpe se foi engano
pensei que podia entregar pra ti meu coração
não sei se era vontade de ter alguém
ou se foi a tal lei da atração

não faz de conta que nada é nada
é ruim ter um amor que não te merece
ter que fingir-se de forte
passar e fingir que não conhece

ter saudade e deixar em quieto
ter desejos e não poder desejá-la
não sei por que esconder seu rosto
se minha boca quer beijá-la

talvez meu jeito também não seja dos melhores
talvez meu amor não seja perfeito
mas eu só queria te amar
queria te amar do meu jeito

Um comentário: