Pesquisar este blog

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Quem inventou o amor...me explica por favor.


O amor Não é uma flor roxa...
é o sentimento mais lindo
que um homem pode senti,
que nasce no coração de um escolhido.

Tem a maior dor!
o pior e o mais doloroso choro.
a dor,a dor, adeus.
como um bebe sozinho;
de noite viajando na estrada
sem você
depois de tantos dias
o amor tem a maior felicidade
mas tem seu começo e fim

é lindo esse amor
mais doi e aperta só de lembrar
escorrendo as lágrimas
de um verdadeiro amor
e de um adeus
para nunca mais
e para um mundo sem você
lembro desse amor
quando deu o ultimo abraço
quando deu o ultimo sorriso
o primeiro beijo
um carinho mais que uma ganância
e um adeus para nunca mais voltar
após o não
que tristeza esse amor
que parte da vida que nos pede
a melhor
a mais dolorosa perda de amor.

Mas seremos assim
como tantos outros
amores que acabam
que vivem os maiores
e os melhores são aqueles
nunca assim esquecidos
pois foram os sinceros...
o verdadeiro amor.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

De Brian Weiss:

o passado serve para aprendermos com ele;
o futuro é objeto de planejamento.
É no presente em que vivemos.
Pergunta:você vive no presente?
comente...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

o meu, o nosso....


garota
mais que prendada
piada que nada.
Caraca, que linda!!
carioquinha malvada.
as palavvras mais doce,
são ditas por você.
E eu acredito.
eu faço disto
parte de um romance.
Com a melhor música
e você pensa a todo instante,
que sou só seu,
que eu, o meu,
quero te encontrar
e que o nosso...
seja o mais lindo filme.
um filme de poemas.
Você canta e me encanta,
acordando cantando.
para a vida e para mim.
seu amor inesquecível
penso em ti,amo-ti
garota.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Despedida


E te ver pela ultima vez
sumindo diante os vidros
como um fantasma
e sua alma perdida.

Passarão dias tortuosos
sendo como a morte de um amor
em um sorriso triste
ao me ver de costas
você some aos poucos...

Somos loucos!!tempo louco.
cheio de caminhos
neste dia nublado
que não passa.

sábado, 4 de setembro de 2010

Amor impossível


Traços inocentes,
olhos indecentes
o que vejo é que nada vejo,
te olhar não me faz te amar.
Tenho amores e excitações,
entre dois seres perfeitos
que me cegam o coração.
Sinto suas palavras
e não sinto seu corpo.
mais em troca
tenho o meu êxtase.
Não poder te abraçar
e sentir o seu calor
perder todo seu carinho,
ficar mais uma vez sozinho;
e jogado ,e calado,
para o mundo
e para a música mais temerosa;
De amor!!
um amor maior que já senti.
Só queria ter você
Só pra mim e nada mais.
E te perder
quando nunca te tive.