Pesquisar este blog

sábado, 30 de outubro de 2010

Rosa de saron:Mais que um mero Poema
Deitado na areia


Na praia deserta,
em um dia de inverno
já desce a lua incerta
e sobre o vento em minha alma
uma paz me abraça
uma brisa me acalma
como que,se Deus estivesse a me observar
e deito na areia para o ceu olhar
gaivotas a caminho
e não penso em mais nada
só o barulho do mar
medito em prazer
sou rio sozinho
vivo a vida como se não há de acabar.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Parte de mim




E que traços,
seus laços brilham e refletem seu sabor
te ergueria em meus braços
te olharia e chamaria de meu amor.
saindo não estou sozinho
pois estas ao meu lado.
Diante de tanto rancor,eu não fico calado,
não sou pequenino
e você me escuta meu amor...
Canto contigo,
brinco contigo
e choro contigo
faço contigo,
o que comigo nunca fizeram...meu amor
serás minha metade?
não sei em que tarde
mas linda você a fez
tenho sorte e este olho que arde
não sabe,o que dizer...meu amor.
Só queria você aqui,
e nós assim... no ouvido de um,
meu amor...