Pesquisar este blog

terça-feira, 20 de julho de 2010

Sorria




Que dia estupendo,
estupiendo;estupião
de caras engraçadas,
gritos acanhados de caráter muito louco.
Cheio de felizes,
filetes do Sol que o frio não para.
Roda roda vira,
cantam aqui
e dançam e riem
como num outro mundo.
Do nada, de mim,
até de ti que imaginam,
que piada é a vida
cai e morri de rir.
Me machuquei e tirei sarro
você ri,olhei pra ti e ri também.
Da orelha até a nuca
até que o mundo se acabe sorri,
sorrindo, morrendo de ri.

sábado, 17 de julho de 2010

Sou o que não era pra ser

Sou o ovo mexido
que toda galinha adoraria provar
Sou o leite azedo
que toda vaca deseja experimentar
Eu sou o remix
do que era pra dar numa pessoa normal
Sou o aborto da decência
quando o assunto é bem e mal
Sou o fora de alcance
quando se trata do convencional
Sou o coração partido
de quem daria a vida por alguém especial
Sou made in cama dos pais
Sou pouco, sou muito, sou mais
Sou o exemplo
do que não se deve fazer pra se casar
ou do que deve pra ser feliz
Sou a criança que não cansa de aprontar
e no peito, coleciono cicatriz
Posso ser a metade da laranja, a tampa da frigideira
ou o pé de meia
Sou a felicidade ou a raiva
pra quem me rodeia
Uso a realidade e manipulo a sinceridade
apenas quando quero
por isso não me desespero
todo mundo ouve quando eu berro

terça-feira, 13 de julho de 2010

Todo Poderoso


Dormiremos juntos até o julgamento.
Sonhavas com a salvação?
então esperneias e choras
com o ardor dos chicotes;

E tenhais medo!
pois sentirá a dor da queimadura
e a loucura da depressão.
Reclamas agora,mas é pouco
o mal aumentará

Então grite o mais forte grito de dor
pois passará a eternidade em arrependimento.
Teu caminho é o meu caminho,
mas não é o dele,o Todo Poderoso.

Se queres todo este sofrimento,
não o adore,não o siga
e assim seja, que ele é o único;
o herói da onde vem a liberdade.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Perdeu o seu amor?

Menospreza a paciência dos amados
e aflige suas enamoradas;
falai bestas e ganâncias para si.
E gritas e catais:-fique enforcado!-

Que seja eterno e a distancia,
esqueça enquanto a tempo!
para sofrer e hibernar
como urso em sua caverna
no escuro,sem seu mel
rangendo seus dentes;

E sabendo que perdeu.
Viva,porque não há coisa mais linda
que nascer,sorrir,sofrer
e sozinho ir pra,sabe-se lá onde
aonde o amanhã é inexistente.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Meu Pai é eterno

Paizinho do meu coração
fosse exemplo para o meu caminho.
Mesmo que de ti não lembro
suas lembranças em outros laços,
apertam o meu peito
e convivem comigo
desde a sua morte.

Um amigo que não tive,
daqueles anjos nas horas difíceis
Que me ensinaria a viver
E daria seu colo para chorar;

diria não para mim
e com seus conselhos de líder
seriamos uma super família.
Mas Paizinho,agradeço,
pela sua benção eterna.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Pra ti

Ao mesmo tempo em que quero te ver feliz do meu lado
quero que estejas sempre com um sorriso no rosto
Independente do lugar que estiveres e com quem estiveres,
por mais que o meu sorriso vá se tornar apenas um esboço
daquilo que realmente queria
Acabaram-se os meus truques.
Tenho palavras lindas pra te falar, mas quando falo contigo
meu refugio é tentar te manter comigo
se quando falo sobre nós, não sai nada
Só não entendo por que é tão difícil desgrudar de ti
nunca consigo te esquecer de vez
alguma coisa em ti se liga a mim e é impossível de quebrar
Em três minutos posso falar o que tenho a dizer
e o que quero levaria a eternidade
Se a saudade bater vai ser difícil pra mim
mas não vou me prender tanto ao passado
seja em qual for o sentido
quero estar ao teu lado

E por conseqüência do que vou sentir
vai ter dias que não vou querer acordar
pra não pensar de novo em tudo isso
mas vai ter dias que não vou nem querer dormir
porque não vou ao menos lembrar do teu rosto
isso só o tempo ou o momento vai dizer
ou o coração talvez
Vai ter dias que vou acordar super bem
outros não tão legal
mas nao me leve a mal
vou te tratar apenas como um mais alguém
se for especial ou não, faça por merecer
Sinceramente, nao espere mais nada de mim,
a partir de agora vou fazer apenas o preciso
me conheces, esse é meu jeito e vai ter que ser assim

Como dizia cazuza
Mαs nuncα lhe digα αdeus
Que αdeus é tempo demαis

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Dos pés a cabeça, de dentro pra fora

Esconde a mão de pele suave
com sua luva de boxe
pra tentar ficar na linha, pra não perder a razão
pra disfarçar a camisola de coração
Por fora é crua, rude e persistente
por dentro é pura amargura, a dor que sente
A meia suja de andar sem sapato, rasgou
a feriu, os calos apareceram faz um bom tempo
por isso não se aproxima de quem está ao seu lado
algum sentimento a atropelou ou a fez de passatempo
A blusa aberta pra mostrar e se vender
a sedução, onde não há mais amor
cansada de tragédias, emoção e guerras
é por isso que lá no fundo tenta se esconder
O esmalte, ou o que sobrou dele
demonstra o cuidado que havia
e que hoje se torna menosprezo
ela já não se preza, vive na rebeldia
O cabelo não penteado
jogado pro lado, é resultado da crítica da humanidade
que trouxe consigo o desprezo
de uma pobre menina que tentava amar com ingenuidade
Só não largou o salto alto
porque sabe que ainda está no topo
só não do jeito que muitos esperavam a encontrar
com as mãos frias e o coração oco

domingo, 4 de julho de 2010

Uma grande amizade


Sei que quero cantar você
Ser seu amigo daqueles de infância
Que sorri das mesmas coisas
e ve o mundo diferente.
Gosto do seu jeito;
louquinha e meiga como um anjo,
Que me leva para o inferno
com meus pensamentos tentadores
Mas não consigo cantar-te
a não ser por palavras escritas
as que não faço melhor
e só assim sou eu
espelhando meus pensamentos sinceros por você.
Sinto por não poder tê-la,
mas tenho outro amor.
seja assim que meu destino
só te conheceu agora.
Então fale para mim:
-tu tais louco?-
Só que digo que agora
eu tenho uma inspiração.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Eu te amo

Simples e fácil de dizer
por pura subjetividade
fundadas com um único objetivo;
te trazer felicidade

Só quando se sente
quando a gente ama e quer por perto
usa essas palavras como corda
para amarrar, fazer um nó cego

para que a pessoa nunca mais se distancie
que fique apreciando carinhosamente
aquilo que te deixa bem ao dizer;
eu te amo completamente

sentimento que nos leva a tolice
nos deixa bobo, sem saber o que fazer
com a razão quilômetros de distancia do coração
uma única estrada sem fim levando ao entender

e sem entender nada
quando se tem o amor, nada precisa explicar
basta sentir o que a vida proporciona a cada um
sem mediantes, um coração não pode parar

apague todas as luzes que te incomodam
mas não fique na escuridão
porque embora a vida não seja um conto de fadas,
o final pode sim ser feliz e sem solidão

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Variável constante

Quando disse que te amava
foi sincero, porém tão pouco singelo
Foi engano pensar em amor.
Joguei fora todas as expectativas e fraudes
Talvez fosse uma atração incontrolável
um desejo do que é bom, da malicia e do conforto que me trazias
mas passou a ser algo apenas desejável.
Agora fazes de conta que nunca foi puro e real o que tivemos
não sei se foi tudo tão admirável a olho nu,
ainda restam questões não respondidas quanto a isso.
Passei noites sem dormir e chorei por saudades
já não sei o que isso significa pra mim.
O tempo me trouxe incertezas
mascarei por muito tempo o que não queria te dizer
Confundi amor próprio com paixão
pensei que sentia necessidade
hoje vejo que era tudo ilusão
Deixo velar esse sentimento aqui dentro de mim
tão calmo, que já nem faz diferença.
Digo e não nego
que tem dias que não dá pra esconder que te desejo
mas descanso o coração e encaro
tudo volta a ser um passado aventureiro
e o futuro toma posse de todos os pensamentos otimistas.
Eu tenho saudades de quem pensei que foste,
ou que iria se tornar
mas acho que meu amor não bastou.
Encontro-me em total desencanto e ingratidão
Escondi tão bem dentro de mim esse amor
que agora não consigo achá-lo
e cansei de procurar.
Sinto dizer, mas acabas de perder quem supostamente
te amou mais que tudo, de inigualável jeito
quem cansou de sofrer e quem era tola a acreditar que o amor
conseguia transformar qualquer pessoa.