Pesquisar este blog

sábado, 17 de julho de 2010

Sou o que não era pra ser

Sou o ovo mexido
que toda galinha adoraria provar
Sou o leite azedo
que toda vaca deseja experimentar
Eu sou o remix
do que era pra dar numa pessoa normal
Sou o aborto da decência
quando o assunto é bem e mal
Sou o fora de alcance
quando se trata do convencional
Sou o coração partido
de quem daria a vida por alguém especial
Sou made in cama dos pais
Sou pouco, sou muito, sou mais
Sou o exemplo
do que não se deve fazer pra se casar
ou do que deve pra ser feliz
Sou a criança que não cansa de aprontar
e no peito, coleciono cicatriz
Posso ser a metade da laranja, a tampa da frigideira
ou o pé de meia
Sou a felicidade ou a raiva
pra quem me rodeia
Uso a realidade e manipulo a sinceridade
apenas quando quero
por isso não me desespero
todo mundo ouve quando eu berro

Um comentário:

  1. catinga.catimOo put put remix da liria pé de meia
    ahsuhaushuahushauhsua

    ResponderExcluir