Pesquisar este blog

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Em questão de silêncio

Você me perguntou as horas
e eu te ensinei a hora de agir
você soube a hora de partir sem se despedir

você me perguntou se estava tudo bem
e eu te dei tranqüilidade e paz
e mesmo assim você não voltou mais

você me perguntou se te beijaria
te beijei mais do que podia
e mesmo assim você disse que partiria

sem mim
te perguntei como ficaria
sempre em silêncio, você nada me respondia

e então tomei conta
eu fiz de tudo e não foi suficiente
a minha parte foi completa
fique com as lágrimas e o silêncio
porque o meu sorriso é permanente

Um comentário: